Quarto bagunçado x Pessoas Criativas. O que a psicologia diz a respeito.

1
950
quarto-bagunçado-messy-rrom
quarto-bagunçado-messy-rrom

Quarto bagunçado x Pessoas Criativas. Durante toda nossa vida fomos ensinados a sermos organizados. Organização sempre foi tratada como a chave para o sucesso.

Seja na escola, em casa ou na sua mala de viagem, organização é algo que ouvimos desde que nascemos. Em contrapartida, uma pessoa bagunceira sempre foi condenada e tratada como se fosse fadada ao fracasso. E de fato, não tem como refutar isso.

O que pode se extrair de bom de ser desorganizado? Bem, talvez mais do que você imagina!

eu sou desorganizado
eu sou desorganizado

Quarto bagunçado x Pessoas Criativas. Estudos recentes, conduzidos pela Universidade de Minnesota em 2013, criaram outra postura no debate: os favoráveis à bagunça.

Sempre houve meio que uma lenda urbana de que as pessoas com mesas bagunçadas tem uma afinidade alta com o pensamento criativo. Francamente, eu pensava que pessoas bagunceiras TINHAM que ser criativas além do necessário. Tem que ser bem criativo pra sobreviver no meio de tanta bagunça.

Simulado da semana passada, pela metade, num canto da mesa. Uma folha de jornal perto de um molho de pimenta. Latinhas de Coca-cola e cerveja organizadas em pirâmides, meio que uma obra de arte.

Sua mesa é uma bagunça, mas é SUA bagunça, logo, tá tudo sob controle. Quando você tem o hábito de falhar em colocar as coisas nos seus devidos lugares, você cria formas criativas de achar tudo, de fazer tudo funcionar, de encaixar tudo. E é gostoso, é confortável.

Pode parecer totalmente caótico para quem olha de fora, mas uma pessoa bagunceira é extremamente metódica, respeitando a si mesmo.

A cientista psicológica Kathleen Vohs, da Universidade de Minnesota, a mulher que começou a desmistificar essa lenda urbana, não se limitava apenas à mesa de trabalho. Vohs era nitidamente uma pessoa bagunceira, em todos os aspectos da vida, mas era do tipo bagunceira criativa.

Usando um paradigma consistindo em uma sala bagunçada e uma organizadinha, e experiências, Vohs concluiu que a sala bagunçada provoca raciocínios criativos com uma frequência muito maior – e forneceu evidências científicas!

O que exatamente é “raciocínio criativo” e como sua zona no seu quarto vai te ajudar?

criatividade é o meu nome!
criatividade é o meu nome!

Raciocínio criativo é, na sua forma mais pura, pensar fora da caixa. Olhando por esse lado não é nada extraordinário considerar que quartos tendo coisas em lugares totalmente inusitados te levaria a ser mais criativo.

Quer dizer, se você prefere colocar suas roupas limpas no chão do quarto quando o armário tá logo ali, você certamente pensa fora dos padrões comuns de raciocínio. Esse mesmo conceito pode ser aplicado de forma mais abstrata.

Vamos usar essa frase do Einstein: “Se uma mesa bagunçada é sinal de uma mente desordenada, o que é, então, o sinal de uma mesa vazia?”

Sim, você imaginou certo. A mesa de Einstein parecia fruto da missão bem-sucedida de uma ex-namorada pronta pra estraçalhar a vida de um coitado, e é inegável que Einstein era uma pessoa extremamente criativa.

Einstein não está só nessa. Mark Twain também tem uma mesa bem bagunçada. Talvez mais bagunçada que a do Einstein. Mark Twain foi uma das mentes mais imaginativas da sua geração.

Não se interessa por essas mentes de geração anterior? OK, vou dar um exemplo mais moderno. Steve Jobs. Não foi sem razão que ele inventou iBooks, sua mesa era um desastre total. Não só sua mesa, mas seus livros e seu escritório todo. Provavelmente isso só acrescentou valor ao seu brilhantismo.

E aí, o que extrair disso tudo?

ô bagunça boa!
ô bagunça boa!

Que você deve zonear sua mesa, seu quarto e esperar por uma fagulha de genialidade? Não exatamente. A relação entre bagunça e criatividade não é algo casual assim. Virar uma pessoa bagunceira não vai te fazer dormir e acordar mais criativo no dia seguinte.

Entretanto, ambas as características são correlacionadas. Se você é “bagunceiro por natureza”, achar um meio termo entre sua bagunça e a limpeza pode ser o mais eficaz. Mas tenha em mente que arrumar tudo pode diminuir seus esforços criativos.

Definitivamente a única forma de trabalhar a eficácia da sua criatividade bagunceira é dar a cara a tapa e experimentar coisas novas. Vá, faça chuva de papéis, recolha a roupa e jogue tudo encima da cama, dane-se! Vai que rola algo bom. 🙂

 

(fonte)

  • http://securitymatters.com.ph security

    Esta será a excelente página da web , que você ser interessados ​​ em fazer um entrevista sobre quão criado -lo? Se assim for e-mail me!